Melatonina

A melatonina é um hormônio produzido naturalmente pela glândula pineal no cérebro, e sua principal função está relacionada ao controle do ciclo sono-vigília do corpo. A suplementação de melatonina é comumente utilizada para tratar distúrbios do sono e promover uma melhor qualidade de sono. Aqui estão algumas informações sobre a suplementação de melatonina:

BENEFÍCIOS DA SUPLEMENTAÇÃO DE MELATONINA

Regulação do sono

A melatonina é frequentemente usada para ajudar a regular os padrões de sono, especialmente em casos de insônia, jet lag ou trabalho em turnos.

Melhoria da qualidade do sono

Pode contribuir para uma melhor qualidade do sono, aumentando a duração do sono profundo e reduzindo o tempo necessário para adormecer.

Redução da ansiedade

Alguns estudos sugerem que a melatonina pode ter efeitos ansiolíticos, ajudando a reduzir a ansiedade e o estresse, especialmente quando associada a distúrbios do sono.

Apoio ao sistema imunológico

A melatonina tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, que podem ajudar a fortalecer o sistema imunológico e proteger contra doenças.

Proteção do sistema nervoso

Pesquisas indicam que a melatonina pode ter efeitos neuroprotetores, ajudando a proteger o cérebro contra danos causados por estresse oxidativo e inflamação.

MALEFÍCIOS DE TER UM DÉFICIT DE MELATONINA

Distúrbios do sono

Um déficit de melatonina pode levar a distúrbios do sono, como insônia, dificuldade para adormecer ou acordar frequentemente durante a noite.

Fadiga diurna

A falta de melatonina adequada pode resultar em fadiga e sonolência durante o dia, afetando negativamente o desempenho cognitivo e a produtividade.

Maior risco de problemas de saúde

Alguns estudos associaram baixos níveis de melatonina a um maior risco de desenvolvimento de certas condições de saúde, como doenças cardiovasculares, diabetes e distúrbios neurodegenerativos.

ALIMENTOS QUE CONTÊM MELATONINA

A melatonina é encontrada naturalmente em alguns alimentos, embora em quantidades relativamente pequenas. Alguns alimentos que contêm traços de melatonina incluem:

QUANTIDADE MÍNIMA DIÁRIA E VALORES DE REFERÊNCIA NO SANGUE

Não há uma quantidade diária recomendada específica de melatonina, pois as necessidades podem variar de pessoa para pessoa. No entanto, doses comuns de suplementação variam de 0,5 mg a 5 mg, geralmente tomadas cerca de 30 minutos a uma hora antes de dormir.

Quanto aos valores de referência no sangue, os níveis de melatonina costumam ser medidos em exames de sangue ou saliva para avaliar a eficácia da suplementação ou investigar distúrbios do sono. Os valores normais podem variar dependendo do laboratório e do método de análise utilizado.


Leia também: