Vitamina D

A vitamina D, também conhecida como a "vitamina do sol", desempenha um papel essencial no corpo humano, sendo importante para uma variedade de funções. Aqui está uma visão geral dos benefícios, malefícios de um déficit, alimentos ricos em vitamina D, quantidade mínima diária recomendada e valores de referência no sangue:

BENEFÍCIOS DA VITAMINA D

Saúde Óssea

A vitamina D é essencial para a absorção adequada de cálcio e fósforo, minerais importantes para a saúde óssea. Ela promove a mineralização óssea, ajudando a prevenir doenças como osteoporose e raquitismo.

Saúde Muscular

Contribui para a função muscular adequada, incluindo contração muscular e força.

Saúde Imunológica

Desempenha um papel crucial na regulação do sistema imunológico, ajudando o corpo a combater infecções e doenças.

Saúde Cardiovascular

Pode estar associada a um menor risco de doenças cardiovasculares, como hipertensão arterial e doença cardíaca.

Saúde Mental

A vitamina D pode desempenhar um papel na saúde mental, com estudos sugerindo uma ligação entre níveis baixos de vitamina D e distúrbios como depressão e ansiedade.

Regulação do Metabolismo

Está envolvida na regulação do metabolismo de glicose e insulina, sendo potencialmente benéfica na prevenção de diabetes tipo 2 e síndrome metabólica.

MALEFÍCIOS DE UM DÉFICIT DE VITAMINA D

Fraqueza Muscular

A deficiência de vitamina D pode levar a fraqueza muscular e aumentar o risco de quedas e fraturas.

Raquitismo

Em crianças, a deficiência grave de vitamina D pode causar raquitismo, uma condição caracterizada por ossos fracos e deformados.

Osteomalácia

Em adultos, a deficiência de vitamina D pode resultar em osteomalácia, uma condição em que os ossos se tornam macios e frágeis.

Aumento do Risco de Doenças Crônicas

Níveis inadequados de vitamina D foram associados a um maior risco de uma variedade de doenças crônicas, incluindo doenças cardíacas, diabetes, câncer e doenças autoimunes.

Comprometimento do Sistema Imunológico

Pode resultar em um sistema imunológico enfraquecido e maior suscetibilidade a infecções.

ALIMENTOS RICOS EM VITAMINA D

  • Peixes gordurosos, como salmão, atum e sardinha

  • Óleo de fígado de bacalhau

  • Gema de ovo

  • Cogumelos expostos ao sol

  • Alimentos fortificados, como leite, suco de laranja, cereais matinais e iogurte

QUANTIDADE MÍNIMA RECOMENDADA POR DIA E VLAORES DE REFERÊNCIA NO SANGUE

A quantidade mínima diária recomendada de vitamina D pode variar dependendo da idade, sexo, estado fisiológico (como gravidez ou lactação) e condições médicas específicas. Em geral, a ingestão diária recomendada é de 600 a 800 UI (Unidades Internacionais) para adultos. Os valores de referência para os níveis de vitamina D no sangue geralmente variam entre 20 e 50 ng/mL (ou 50 a 125 nmol/L), mas é importante consultar um profissional de saúde para obter orientação específica com base em suas necessidades individuais.


Leia também