Zinco

O zinco é um mineral essencial para o funcionamento saudável do corpo humano, desempenhando uma variedade de funções vitais. Aqui está uma visão geral dos benefícios, malefícios de um déficit, alimentos ricos em zinco, quantidade mínima diária recomendada e valores de referência no sangue:

BENEFICIOS DO ZINCO

Função Imunológica

O zinco desempenha um papel crucial na função imunológica, ajudando o corpo a combater infecções e doenças.

Crescimento e Desenvolvimento

É essencial para o crescimento e desenvolvimento normais, especialmente durante a infância, adolescência e gravidez.

Cicatrização de Feridas

O zinco é necessário para a cicatrização adequada de feridas e lesões.

Saúde da Pele

Contribui para a saúde da pele, ajudando a manter sua integridade e função de barreira.

Visão

O zinco é importante para a saúde ocular, especialmente para a visão noturna.

Saúde Reprodutiva

É essencial para a saúde reprodutiva masculina e feminina, incluindo a produção de esperma e a fertilidade.

Metabolismo

O zinco está envolvido em muitas reações metabólicas no corpo, incluindo a síntese de proteínas e o metabolismo de carboidratos.

Saúde Cerebral

Desempenha um papel na função cognitiva e na saúde do cérebro.

MALEFÍCIOS DE UM DÉFICIT DE ZINCO

Comprometimento Imunológico

Um déficit de zinco pode enfraquecer o sistema imunológico, tornando o corpo mais suscetível a infecções e doenças.

Atraso no Crescimento e Desenvolvimento

Pode resultar em atrasos no crescimento e desenvolvimento em crianças e adolescentes.

Problemas de Pele

Pode levar a problemas de pele, como acne e eczema.

Cicatrização Lenta de Feridas

Pode causar cicatrização lenta de feridas e lesões.

Complicações Reprodutivas

Pode afetar a saúde reprodutiva, causando problemas como disfunção erétil em homens e irregularidades menstruais em mulheres.

Distúrbios Metabólicos

Pode contribuir para distúrbios metabólicos, como diabetes e obesidade.

ALIMENTOS RICOS EM ZINCO

QUANTIDADE MÍNIMA DIÁRIA E VALORES DE REFERÊNCIA NO SANGUE

A quantidade mínima diária de zinco varia de acordo com a idade, sexo e estado fisiológico (como gravidez ou lactação). Em geral, os valores de referência para os níveis de zinco no sangue são:

  • Para adultos: entre 60 e 120 microgramas por decilitro (mcg/dL)

  • Para crianças: entre 60 e 90 mcg/dL

  • Durante a gravidez: entre 60 e 100 mcg/dL

  • Durante a lactação: entre 70 e 130 mcg/dL

É importante consumir uma dieta equilibrada que inclua alimentos ricos em zinco para atender às necessidades nutricionais adequadas e evitar deficiências. Se houver preocupações com os níveis de zinco, é sempre recomendável consultar um profissional de saúde para avaliação e orientação adequadas.


Leia também